A importância da regulamentação da profissão estética no Brasil

ESTÉTICA EM FOCO – VITA DERM E ISIC SEMPRE APOIANDO O PROFISSIONAL DE ESTÉTICA

BRASIL: 1º PAÍS DO MUNDO A TER REGULAMENTADA POR LEI A PROFISSÃO DE ESTÉTICA

BRASIL: 1º país do mundo com curso superior de estética a nível universitário, criado pelo Prof. Dr. Marcelo Schulman

Há 60 anos, o Brasil, entre outros países do mundo, vem desenvolvendo com enorme sucesso e visibilidade a atividade de estética. De lá para cá e cada vez mais o segmento veio crescendo com diferentes técnicas e tecnologias de tratamentos estéticos e profiláticos aos que a saúde e beleza têm acolhido. Hospitais e médicos do mundo inteiro começaram a utilizar com resultados satisfatórios os benefícios que a estética trouxe à saúde da pele e do organismo, com foco científico, porém mais de 6 décadas foi suficiente para que uma atividade reconhecida a nível mundial agora fosse regulamentada como lei, dando exclusividade, pioneirismo e ineditismo ao Brasil.

Esta atividade estética evoluiu tanto, que outras especialidades, tais como fisioterapia, biologia, farmácia, química, engenharias, biomedicina, enfermagem, educadores físicos, nutricionistas, dentre outras, respeitando seus respectivos segmentos, escolheram a estética como um alicerce, em torno de duas décadas, somaram às suas áreas de trabalho, com muita assertividade e expertise.

Como nasce o 1º curso de estética a nível superior?

Em 1990 o Dr. Gabriel Mario Rodrigues, então Diretor-Presidente das Faculdades Anhembi Morumbi, em São Paulo, convida o Dr. Marcelo Schulman para projetar, desenvolver, coordenar e ministrar o primeiro curso de estética a ser aprovado pelo MEC, para acontecer a nível universitário, criando a 1ª Faculdade de Estética e Cosmética até então inexistente a nível superior no mundo todo.

“Montamos o curso com os profissionais de todas as especialidades da área da saúde e afins, porém, para a parte prática, foram selecionados os melhores especialistas do mercado, profissionais de notório saber e experiência de mais de 30 anos, com cursos técnicos no país e especialização no exterior, que já exerciam a estética no seu dia a dia, porém não a nível superior, assim criando este primeiro curso universitário”, lembra o Prof. Dr. Marcelo Schulman, presidente da Vita Derm e Coordenador Científico e Presidente do ISIC (Instituto Schulman de Investigação Científica).

Atualmente estima-se que existem no Brasil mais de 250 cursos de estética reconhecidos a níveis técnico e superior.

Hoje, frente à realidade da Regulamentação da Profissão, abre-se um caminho muito ético, reconhecido e profissional, que contempla a formação e toda a trajetória, que objetivará na criação dos Conselhos Regionais e Federal de Estética.

Vários pontos precisam ser observados diante desta questão, tais como: formação, credibilidade, persistência, dedicação à profissão, com enfoque científico, para que não só as áreas afins, mas para a profissão em si, possamos avançar cada vez mais com profissionalismo e respeito.

Enfim, entendemos o valor da Pesquisa-Ensino-Academia-Profissionalização, frente à Indústria-Mercado quando andam em paralelo e com sua respectiva aplicabilidade.

“O meu agradecimento de sempre às instituições e centros educacionais, profissionais, indústrias, parceiros a amigos do mundo inteiro que reconhecem e reforçam o nosso trabalho cada dia mais e fazendo parte da evolução da ciência Estética e Cosmética”, diz o Prof. Dr. Marcelo Schulman.

Assine nossa newsletter

E receba promoções e ofertas exclusivas

keyboard_arrow_up